A andorinha aumentou o bando:

Antes de dar continuidade a este blog (os hiatos começam a ser uma tradição e acho q se ainda tenho leitores é pura sorte ocasional por isso se vieram aqui parar ao engano qdo pesquisavam andorinhas cool, a la Bordalo Pinheiro, para pôr na parede, boa sorte) um aviso impõe-se: aqui no ninho da Andorinha chocámos um ovo. Que é como quem diz, fomos pais. Logo, como qq mãe recente q se preze, a maternidd tornou-se o meu epicentro momentâneo.  Assim sendo, se n se importam de ler posts a gabar a cria e as suas proezas ou devaneios escritos a horas impróprias entre fraldas e privação de sono, sigam em frente. Este blog é para vocês;)

Créditos Feira de Barcelos

Anúncios

Pensamentos Soltos:

O mal de se ter um grande coração é o espaço todo que temos para se partir vezes e vezes sem conta.

Apanhado no ar ou De como fazer feng shui no PC:

Num break no escritório,conversando sobre ambientes de trabalho:

A- Não aguento quando fico com atalhos dos programas q instala o IT só porque não sou administradora. Aquilo dá-me cabo do sistema .

X-devias ver o meu. Está cheio de pastas e ficheiros. Quase não se vê o ecrã.

A- Eu n suporto isso! Tenho q ter tudo organizado e a obedecer a um esquema. Sou uma nazi dos desktops!

  

As palavras dos outros #1:

  
In Red band society

Apanhado no ar:

Enquanto almoçamos, televisão ligada, o treinador do benfica pronuncia-se sobre a última derrota do (meu) clube encarnado.

Entre garfadas, quebra-se o silêncio pelo meu colega do lado:

X- Este também deve ter síndrome de Anabela…

A- D’Anabela?!?

X-Sim, é como a Anabela que tem aquele nome e é feia como um camafeu. Este também se chama Vitória, e nem vê-las.

[Ganhei mais uma expressão no meu vocabulário]

sleepless in lisbon

Noites de calor/manhãs com cara de filme de terror…

Apanhado no ar ou De como sabotam as minhas tentativas de atividade física mesmo antes de acontecerem:

Antecipando as férias anuais nos Açores, a conversa evoluiu assim:

M- Este ano vou correr.

A- Correr não, mas se fizeres caminhadas, também quero. Preciso de me mexer.

M- (entusiasmado) Sim! Podemos fazer aqueles trilhos de naturez..

A-(interrompendo) Isso não! Já sabes que detesto essas subidas e descidas. Gosto de andar e fazer caminhadas, mas em plano.

M-(com um esgar irónico) Pois. Já não me lembrava que íamos de férias para a Holanda.

A-(…)

Créditos Wikipedia