Das coisas estranhas que me acontecem#1

Final do dia. Estou parada no semáforo, aguardando que o verde se ilumine e me dê ordem para avançar, quando vejo alguém ao meu lado, fixamente, a olhar-me para os pés.  Como sou dada a extrapolações e a imaginação fértil me leva, muitas xs, às mais rocambolescas teorias da conspiração, decidi ignorar. Até que sinto um toque no meu braço. Olho para o lado, sobressaltada. O homem sorria. Fez um gesto, com o queixo, como que a indicar os meus pés e disse, com tom de interrogação e olhar divertido- Rita Red Shoes?  O inesperado foi tal, que fiquei sem resposta, a vê-lo cruzar a passadeira, enquanto os meus sapatos encarnados faziam troça do meu silêncio…

 

(NE- com este post se inaugura a categoria de insólitos que povoam o meu quotidiano e que prometo vir aqui partilhar com vocês.Próximo episódio, a história do taxista pecaminoso;) )