Importa-se de repetir?

Andava a Andorinha a actualizar-se no Meios e Publicidade, quando, num inocente artigo sobre marketing pessoal, deu de caras com o seguinte:

  1. Me chamo S solteiro, 28 anos, com perfeita saude física e mental, NÃO TENHO NENHUMA TATUAGEM, e me proponho a fazer uma tatuagem com a logomarca de sua empresa e permitir o uso da minha imagem, por periodo e valor a combinar contratualmente.
    Aguardo resposta, uma vez que, não havendo interesse por parte dessa empresa, pretendo fazer proposta identica a outras empresas.
    Grato
    S XXXX

A Andorinha aproveita e deixa um conselho: caro S, n se faça rogado no preço, já que o suporte n permite reutilização.