Eu tinha prometido…

…eu sei. Que n ia ficar deprimida. Que os trinta iam ser motivo de celebração. Que a festa promete. Que a idade é maravilhosa. Bá, blá, blá,blá, blá. Mas a verdade é que, a 10 dias de distância, o determinismo da data começa a cair-me em cima e fazer-me sentir sufocada. A crer nas últimas estatísticas, já vivi quase metade da minha vida… e, querendo ou n, coisas destas n se afastam com um sorriso, apagar de velas, presentes e brindes. Por muitos que sejam.

Venham de lá os amigos em forma de abraços e beijos. Vou precisar…

4 thoughts on “Eu tinha prometido…

  1. Eh, q exagero: no manual de Geografia que ando agora a estudar, está que a esperança média de vida para as mulheres portuguesas, em 2001, estava nos 80,3, por isso a metade da vida é quando entrares nos -entas…
    E a avaliar pela foto acima, ‘tás lindamente para a idade, chérie!!

  2. credo, isto soa mal… ando a estudar com o meu explicando, não ando a estudar o manual de Geografia tipo quando não tenho nada que fazer…

  3. Olá..:-)

    Posso te garantir que vais gostar dos teus “inta”, mas do que dos “intes”, digo eu que já me falatam 2 para os “enta”…:-)

    Acreita que é verdade, no worries…;-)

  4. Entendo-te como ninguém…mas acredita, agora que já tenho exactamente 30 e meio gostava de ficar com 30 muito mais tempo:)

Os comentários estão fechados.