Modo Titanic

A Andorinha recebeu hoje um e-mail que a deixou sem palavras. N é frequente. É certo. Mas, de quando em x, tal como os anos bissextos, acontece. Isto porque a Andorinha sabe que as críticas são válidas. Necessárias até. Servem de motor para seguirmos em frente. Para n nos acomodarmos. E termos vontade de nos superarmos. Porque sabemos que podemos ir mais longe. No entanto, quando, depois de dedicadas horas sem fim, tempo pessoal, abstinência de sono, coração no projecto, nos apercebemos que é tudo arrasado de uma penada, sem objectivo aparente, e apenas porque tínhamos começado com o pé esquerdo, aí sim, é tempo de baixar as asas e ganhar coragem para recomeçar amanhã com o sorriso e dedicação habitual.

[até lá, deixai a mente inundar-se das mais maquiavélicas torturas e pensamentos à serial killer]

One thought on “Modo Titanic

Os comentários estão fechados.