Face aos acontecimentos do dia, lembrei-me de um ditado dos tempos em q de Espanha vinha bom vento. Repito-o, porque não podia ser mais acertado:

“Para el que me queda en este convento, me cago dentro”