Saldo Positivo

Ao constatar o desalento incaracterístico nesta época do ano – acompanhado de lojas vazias- a Andorinha afirmava, orgulhosamente, já ter quase terminado as compras natalícias (sem deitar muitos foguetes, q sou bem pessoa p/ arranjar uns “recuerdos” de última hora), quando o Mr.M comentou -com um certo tom crítico, é verdd- q “n imaginava o qto gastava em presentes todos os anos”. A verdd é q a Andorinha tb n faz bem ideia e nem está para aí virada. Sei q o dinheiro n cresce nas árvores, mas  fica tão bem embrulhadinho por baixo delas;) 

P/mim, salvo raras excepções, n existe esse conceito de “ter q comprar presentes”. Faço-o com gosto, antecipando a cara de quem o vai abrir. E, felizmente, tenho muitos sorrisos p/receber de troco:)