Say that again?

Depois de 2 anos a n poder ouvir as mensagens de voz no telefone corporate, a irritação fala mais alto e a Andorinha lá vence a preguicite natural e decide telefonar para a assistência a clientes. Do outro lado da linha, atende uma simpática operadora da companhia que n vou dizer como se chama mas cujo nome nome rima com neoprene. Explico-lhe o que se passa. Pede-me o código. Pacientemente, digo-lhe que, se o soubesse, não lhe estava a ligar. Pergunta se n tenho possibilidade de saber. Respondo q n, e q tudo o que queria era cancelar o voicemail, para n haver mais dramas. Objecta q, para isso, será necessário aceder ao pp do voicemail para proceder ao cancelamento. Cansada, acabo por agradecer a “preciosa ajuda” e desligo, resignada com o facto de ter de passar o resto da minha vidinha profissional a tentar advinhar os recados que lá me deixaram…

2 thoughts on “Say that again?

Os comentários estão fechados.