A bikini a day makes the smille go away

Hoje a Andorinha conseguiu o PRODÌGIO de chegar a casa a uma hora normal. Daquelas em que ainda é possível ver os  Morangos com Açucar enqto se come um iogurte (BTW, q raio se passou entretanto c/aquela gente q já n sei nadinha daquelas vidas?:P) e em que no Metro é, efectivamente, hora de ponta. Decidida a aproveitar o tempo, toca de rumar ao Corte Inglés para tentar encontrar um vestidinho p/os próximos casamentos. A coisa começou bem, ali, focada no objectivo. Mas, aos poucos e poucos, comecei a dispersar, acabando com uma saia linda de morrer e s/top possível p/combinar. Detalhes…pior, pior mesmo, foi quando decidi, vá-se lá saber pq, experimentar bikinis. Como se já n bastasse a experiência traumática e a alvura natural assim muito ao género “albino meets menina das tranças pretas” é importante frisar q a Andorinha ainda n apanhou um raiozinho de sol q seja. Juntem-lhe a isso umas luzinhas fluorescentes ali a iluminar até a imperfeição física mais remota e a falta de comparência no ginásio e temos uma volta de 180º no sentido de humor. Estou que nem me aguento!

6 thoughts on “A bikini a day makes the smille go away

  1. Não desesperes, não és a única perante tal tragédia.
    E essas luzinhas de facto, parece que são feitas de encomenda para piorar um cenário que nós julgávamos não ser assim tão mau…
    Mas ânimo, que há coisas bem piores…

  2. Sinhó do Céu!
    Nada como a luz natural e uma corzita no corpo para esquecermos esses provadores horrorosos!
    Depois de vestido o primeiro bikini da season, tudo passa!!

    Bjuuuuu!

  3. Ao menos o teu mês está quase aí (diga-se de passagem que também estou ansiando por ele, se bem que não pelos mesmos motivos) e sempre vai dar pra apanhar uma corzita!!!

Os comentários estão fechados.