A todos os meus leitores preocupados:

Gracias por mails, msgs e telefonemas de solidariedd. Podem dormir descansados: a Andorinha sobrevive. Com privação de sono, excesso de trabalho, e sérios riscos de perder a sanidd mental, mas, ainda assim, “cá se vai andando com a cabeça entre as orelhas”.