Voltámos ao mesmo…

Finalmente, a Andorinha teve notícias do falecido. Segundo o Serviço de Urgências da Toshiba, o coração deixou de bater e há que lhe pôr um pacemaker (que é como quem diz, substituir o CPU). Por isso e pelas horinhas de trabalho dedicado, pedem 400 euros, com direito a “largos” 3 meses de garantia. Apesar de gostar muito do seu laptop, aqui a Andorinha achou que era melhor prepar-lhe um bonito funeral e procurar já um para o substituir, que é para atenuar o desgosto. Depois de uma pesquisa no mercado, e dos conselhos dos meus gurus informáticos de serviço, acabei com o coração (e o bolso) dividido. Escolho a Forma ou escolho a Função?

vaioverde.jpg vs vaio2.jpg

5 thoughts on “Voltámos ao mesmo…

  1. Sabes que eu normalmente escolheria a forma, mas quando se trata de uma coisa tão carota, perde o amor à estética e vai pela função!

  2. função, sinhó, função! o mais feio e careta mas mais seguro que encontres no mercado. ou queres que te aconteça o mesmo com este? afinal, é a beleza interior que conta, e tu vais aprender a amá-lo mais cedo ou mais tarde e, para ti, será o laptop mais lindo do mundo…😉

  3. Olá, queria dar-te os parabéns pelo teu blog, e já agora convidar-te a visitar o meu: É a história de um músico. que decide partir pela Europa em busca de Fama e Fortuna. (www.demonislandtour.wordpress.com). Um verdadeiro filme!

    Ainda chega a Espanha mas apaixona-se, fica sem dinheiro e tem de de voltar para trás. depois arranja um emprego numa empresa de cafés, onde está neste momento a tentar ganhar o suficiente para se fazer de novo à estrada.

    Em paralelo também se conta a história do órfãozinho Fritz Kahn, que decide partir em busca da sua mãe, com a sua fiel companheira Snarky (uma cadelinha preta). Cai dentro de um poço e é salvo por um pássaro Mitológico chamado Debicronije, que salva os órfãos em apuros mas que lhes pede sempre o que eles têm de mais importante. No caso do Fritz foram os laços mágicos de amizade que o uniam à Snarky. A debicronije transforma o Fritz num porquinho com asas, que foge da terra de Nonamor (A terra da debicronije, onde o feio é o bonito). A caminho de casa, ajudado por uma andorinha que o levava em direcção à Primavera é caçado pelos monges do templo Nandi, que utilizam porquinhos com asas nas suas corridas de toiros.

    Enfim. É uma longa história, mas divertida. faz-me uma visita em http://www.demonislandtour.wordpress.com

  4. Xu Maria, já comprei e vais ficar orgulhosa de saber q segui o teu conselho:) Escolhi a Função! N fui pelo mais feio mas fui pelo melhor preço/qualidade:) VIVEX! Vou regressar às séries:)

    Demon, vou espreitar a tua história sim!:)

Os comentários estão fechados.