Continuando na senda da minha bela disposição de quem “acordou com os pés de fora”, aproveito para exteriorizar o mau-humor e deixar uma lista das onze coisas que mais odeio (tanto em mim, como nos outros):

Não ser capaz de dizer que não.

Quem diz “estou mm a chegar” quando ainda nem sequer saiu de casa.

-Que me digam que sou estranha só porque tenho uma opinião diferente.

Quem quer ser amigo de toda a gente (Deus e o Diabo n andam lado a lado. Temos sempre q sacrificar algum)

– Quem não admite que não tem razão mesmo quando sabe que a perdeu.

-Pedir desculpa. 

-Conversa de chacha.

-Faltas de respeito

-Que me chamem miúda.

-Que me chamem senhora. 

-Perder um amigo.

6 thoughts on “

  1. Eu tenho imensas dificuldades em dizer que não… Com a idade tenho vindo a aperfeiçoar a técnica, mas o “não” nc foi o meu forte!!
    E tento ser amiga de toda a gente, embora não hesite em sacrificar um vilão qd o assunto é grave!!
    Custa-me admitir q nao tenho razão…Custa MM :P… Mas qd é grave não deixo de pedir desculpas…

    Sinhó tenho estes 3 defeitos (e só estesssssssssss) – ODEIAS-ME???😀😛

  2. Pronto rita, definitivamente, bani-te do meu círculo de amigos! Sabes bem o que quero dizer com conversa de chacha…n é essa conversa sobre coisas palermas. é aquela q se faz com o vizinho ou a porteira, sobre o tempo e afins, qdo nos passam 1001 coisas pela cabeça.

    Relativamente ao admitir q n tens razao, custa-te mas admites portanto n te incluis.

    O quereres q toda a gente goste d ti é verdd, mas o Mr.M tb é assim, diplomatic self e n é +por isso q n estamos juntos, right? Embora, confesse, seja 1a “qualidade” q me faz desconfiar das pessoas à partida;)

    Eu NUNCA soube dizer q não. Para te odiar tinha q me odiar a mim, o q n é o caso. Detesto sim, essa característica;)

    Acho que ainda te safas afinal;)

    (E se o Pai Marques lesse isto quem n se safava era eu pq me dizia logo q “n sei o q é odiar algo ou alguém).

  3. Eu não tenho dificuldade nenhuma em dizer “NÃO”… a dificuldade é manter essa resposta… a tal tendência para ser diplomaticamente correcta e agradar à maioria (apesar de nunca ter pensado muito nisso)!

Os comentários estão fechados.